Tem um voz que te fala para não fazer tal coisa, para evitar o erro? ou sussurra que é melhor não experimentar para não se expor? Eu acredito que essa voz não fala e nem sussurra, ela grita! te sabota, ri de você e aponta todos os pequenos ”erros” que você cometeu naquela conversa com fulano. Muitas vezes ela só é interrompida quando você grita com ela, mandando ela calar! logo depois que você se cansa de sentir a dor emocional da vulnerabilidade.

A vergonha decorrente da insegurança faz essa voz ser ativada, essa insegurança vem da autoestima, que por estar prejudicada acaba te mantendo no porão da zona de conforto, na sala da paralisia e no quarto do medo.

Para não ser refém dessa voz que te suga e te aprisiona, é preciso dominá-la, o primeiro passo é perceber a presença dela, quando e em quais situações ela vem a tona. A partir daí você precisará interromper o fluxo de intensidade que ela te aponta o dedo, pode ser batendo uma palma ou fazendo algo corporal que te leve ao movimento e ação, é um símbolo de interrupção desse ruído.

O próximo passo é buscar o que você quer fazer, talvez seja algo novo, como entrar para uma aula de violão em grupo que você está enrolando há meses. Você pode ”ensaiar” coisas novas, arriscar e improvisar com mais frequência vai te fazer colocar o pé no caminho cheio de prazer, deixando para trás a sombra do medo, gradativamente.

Elogiar a si mesmo é um bom hábito

Fazer elogios a si mesmo é um caminho curto e saudável para a própria autoestima. Quando você percebe que fez algo que se orgulha ou fez bem algo ou fez o que gosta porque se deu de presente, se elogie! se parabenize, não coloque esse poder na mão do outro.

Se você está muito estressado com o trabalho ou tem gastado muito tempo estudando, que acabou deixando de fazer coisas que te dão prazer, faça algo por você, você merece! Tome um sorvete sozinho, se leve para passear, tome um café com você, enfim, pequenas atitudes que te motivam, e que você fez por você, isso merece um gratidão e elogio por ter tirado esse tempo para se presentear.

‘‘Hoje consegui concluir o projeto que estava procrastinando há dias, me sinto muito bem comigo mesmo por ter finalizado essa tarefa”.

”Hoje eu consegui dizer Não, e me sinto muito aliviado por ter conseguido respeitar meus desejos”

A psicoterapia vai te ajudar nesse processo. Marque uma sessão!

Assista ao vídeo: 3 dicas infalíveis para ser seguro e confiante. Deixe nos comentários suas dificuldades e dúvidas, que posso fazer um vídeo só para você ♥

Conteúdos relacionados

January 20, 2021
O que é uma pessoa insegura?

Entenda como é uma pessoa insegura. Você pode assistir ao vídeo de conteúdo também

Najma Alencar

Psicóloga
January 20, 2021
Psicólogo Unimed -Como pedir Reembolso de terapia p/ convênios  

Você tem convênio e quer ser atendido pela evoluBe? Descubra como pedir reembolso para seu convênio

Najma Alencar

Psicóloga
January 20, 2021
Perguntas frequentes sobre Autoestima

Existe oscilação de autoestima? Nesse post você verá algumas perguntas que recebi sobre autoestima

Najma Alencar

Psicóloga
may 14, 2013
Dependência emocional em relacionamento Abusivo

Entenda o funcionamento psicológico de pessoas que estão em relacionamentos abusivos

Najma Alencar

Psicóloga
may 14, 2013
Ative seu sistema imunológico emocional

Ative o sistema imunológico emocional para não chegar ao fim do dia sem energia

Najma Alencar

Psicóloga
may 14, 2013
A comparação aumenta a insegurança

O comportamento comparativo tem impactos negativos na sua vida, veja como mudar

Najma Alencar

Psicóloga

Comece agora seu crescimento

100% Online

Atendemos todo o Brasil

Contatos

41 99768-2415